MULTA POR NÃO ANDAR COM FARÓIS BAIXOS DE DIA PODE SER CONVERTIDA EM ADVERTÊNCIA


Importante dizer que você não precisa, necessariamente, ser parado pelo agente policial para que seja notificado. A notificação pode ser feita sem a abordagem, bastando que o agente constate a infração e anote a placa do veículo. Se assim for, será expedida a notificação em nome do proprietário do

OS CARROS MAIS ROUBADOS DO BRASIL, SEGUNDO SINISTROS DAS SEGURADORAS - Voyage, Palio e Hilux estão no top 10

FONTE: http://www.msn.com/
Qual é o carro mais roubado no Brasil na sua opinião? VW Gol? Fiat Palio? Na verdade, de acordo com o Índice de Veículos Roubados (IVR) divulgado pela Susesp (Superintendência de Seguros Privados), trata-se do Volkswagen Voyage, seguido pela perua Fiat Palio Weekend.

Defeito em carros pode ser considerado dano moral

Após vários anos na Justiça, alguns proprietários conseguem ganhar causa.
Especialistas advertem que é 1º é preciso comprovar defeito com perícia.

Ações por danos morais movidas por donos de carros com defeito têm gerado discussão na Justiça. Em decisões recentes, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) ordenou que montadoras indenizassem proprietários de veículos com falhas que foram desde a não abertura de airbags em acidentes a ferrugem na lataria. Nesse tipo de caso, a vítima alega ter passado por sofrimento, dor, angústia, nervosismo ou preocupação.

A batalha, no entanto, é longa: os casos que tiveram ganho de causa no STJ levaram anos para terem uma conclusão. Em uma delas, foram 17 anos nos tribunais. E cabe a quem entrou com a ação ela provar tanto a falha, com perícia, quanto os transtornos que isso provocou.


Para especialistas em direito do consumidor ouvidos pelo G1, as decisões do STJ poderão abrir um precedente que os advogados chamam de jurisprudência, ou seja, um conjunto de decisões para servir de "guia" aos próximos processos sobre o mesmo tema. Mas trata-se ainda de um tema muito novo: decisões sobre danos morais são recentes no país.

"Essas decisões são baseadas no Código de Defesa do Consumidor, que já é uma lei de aplicação bem sucedida", explica Luciano Godoy, professor da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP). "No caso dos veículos, percebemos que o volume de processos está aumentando, até mesmo pelo crescimento das vendas e da tecnologia nos carros, que os deixa mais suscetíveis a falhas."

Ferrugem no carro
A empresária Inge Tittel, de 55 anos, esperou 17 anos por uma decisão favorável na Justiça, desde que encontrou ferrugem em diversas partes de um Chevrolet Corsa 0 km.

Detalhes de ferrugem no ano em que Inge comprou seu Chevrolet Corsa (Foto: Arquivo pessoal/Inge Tittel)

Carro novo com defeito é responsabilidade de montadora e concessionária

Consumidor que compra um carro novo que já vem com defeitos de fábrica deve ser indenizado pela montadora e pela concessionária. A responsabilidade solidária foi determinada por tribunal regional e confirmada pelo Superior Tribunal de Justiça.

Pintar o carro em casa é uma roubada: entenda o motivo


Muita gente já teve vontade de comprar um compressor e uma pistola de ar para repintar o próprio carro. Nada é impossível para quem está disposto a buscar conhecimento e possui dinheiro suficiente para comprar os materiais e os equipamentos adequados, mas é preciso estragar muitas peças antes de encarar a sua "viatura".
O primeiro obstáculo que vai aparecer é onde pintar? Pode parecer simples, mas não é: a poeira é um grande vilão do processo. Quando visitei a construção da fábrica da GM em Gravataí (RS), um dos engenheiros da obra me disse que a instalação dos equipamentos era fácil, difícil era eliminar toda a poeira da obra do setor de pintura. Um grão de terra que estivesse na estrutura do telhado era suficiente para estragar toda a pintura de um carro.

Mito ou verdade: o vidro traseiro pode estourar sozinho?

  VERDADE
Embora não ocorra com frequência, o vidro traseiro - chamado também de vidro térmico - pode estourar inesperadamente. Por ser um vidro temperado, seu processo construtivo gera altas tensões internas, e quando quebra se parte em centenas de pedaços.

O estouro pode ocorrer por dois motivos. Primeiro por uma combinação de dois fatores, que são choque térmico e um problema construtivo do vidro, que não se enquadra nas especificações da norma ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

O segundo motivo ocorre quando ele é montado sob pressão da carroceria ou da tampa traseira. Neste caso, basta uma torção de carroceria, ou uma batida de porta mais forte, para ele se tornar um monte de pedaços.



Qualquer dúvida a mais vá na IMPORTCAR! lá temos o melhor entendimento para seu veiculo. 
IMPORTCAR - SEU CARRO NO MELHOR LUGAR




Crédito: G1 Auto Esporte

O motor do seu carro está 'fumando'?


O motor cansado é aquele que se desgastou internamente, gerando folgas excessivas entre anéis dos pistões e o os cilindros, e também entre bielas e virabrequim. Ele tem como sintomas, além da fumaça, falta de potência e alto consumo de óleo de motor (mais de 1 litro para cada 1.000 km) -- isto ocorre porque, devido às folgas, o lubrificante acaba invadindo a câmara de combustão e queimando junto com o combustível, gerando a famosa fumaça azulada.

Ruído metálico ao acelerar, ponteira do escapamento melada de óleo, velas encharcadas de óleo e baixa compressão nos cilindros também são indicadores que seu motor precisa de uma retífica. Veja no vídeo acima como é o processo.

Vai adiar a troca do carro? Veja como prolongar a vida do seu

Em meio a uma crise econômica sem data para terminar, muita gente está adiando a troca do carro. Não existem grandes problemas em ficar mais tempo com um mesmo veículo desde que seja feita a manutenção que cada quilometragem exige. Veja o que é necessário fazer em quatro "idades" importantes do carro.


A chegada aos 40.000 km rodados costuma ser o momento da substituição dos pneus, acompanhados de alinhamento e balanceamento. Aproveite ainda para instalar amortecedores novos, eles prolongarão a vida útil dos pneus.

O ar-condicionado parou? Só dar carga de gás não resolve

Muita gente acha que, quando o ar-condicionado para de funcionar, basta repor o gás que resolve, mas não é bem assim. Para entender melhor esta história, é preciso saber um pouco como o sistema funciona.
Basicamente, o ar-condicionado do seu carro é composto por cinco elementos principais ligados entre si por mangueiras, conectores, engates e tubos por onde circula o famoso gás R134.

O que muita gente desconhece é que ele é um sistema fechado, dividido em dois estágios: o de alta pressão (200 PSI) e o de baixa pressão (30 PSI). Portanto, se o seu carro esta sem gás, é porque existe vazamento. E não adianta colocar o gás sem antes descobrir por onde ele está vazando. Se você apenas repuser o gás, ele funcionará por um tempo. Se o furo tiver o diâmetro de um fio de cabelo, ele funcionará por um mês; se o furo for grande, ele funcionará por 15 minutos.

Por que calotas caem e você pode 'perder' o freio na descida da serra?



Para descer uma serra não basta fazer aquela revisão simples que muita gente faz, de verificar óleo, água e calibrar os pneus no posto. Infelizmente, é nas situações de emergência que você acaba descobrindo que seu carro estava com um problema sério e necessitava de uma manutenção mais detalhada.